Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A vida de uma Universitária

A vida de uma Universitária

16
Jun16

Quarto sem janela

Marta Claro

Quando se vem para a universidade e principalmente, quando se sai de casa dos pais há sempre escolhas a fazer. Eu não gosto de gastar dinheiro aos meus pais, principalmente, se for em vão. E então, quando disse que queria ir para fora estudar comprometi-me a fazer de tudo para que isso fosse um investimento rentável, prometi a mim mesma que faria de tudo para ter boas notas e para os fazer sentir que estavam a investir acertadamente no meu futuro. Uma das escolhas que fiz foi, sem dúvida, em termos da casa. Quando andei à procura de casa tinha em mente algo barato, aconchegado mas simples que, não fosse uma fortuna ao final do mês para os meus pais. Tive muita sorte. A primeira casa que vi, tinha as despesas incluídas e era perto da escola, maravilhoso. Mas como sempre, há um problema. Os quartos mais baratos dessa casa não tinham janela e, o que tinha janela era partilhado. Decidi ir ver a casa e, quando entrei pela pronta senti que seria o meu ninho nos próximos anos. Estranho não é?! Optei por um dos quartos individuais sem janela. Foi uma escolha minha. No entanto, acho que escolhi bem, não me faz qualquer diferença não ter janela porque depois, tenho uma varada gigante com vista para o rio na cozinha e toda a casa é espectacular. Não me sinto, de todo, mal com esta escolha, pelo contrário. Quero ficar aqui os próximos dois anos e, neste mesmo quarto. O meu quarto. Sinto que cumpri os meus objectivos pois, se tivesse ido para outra casa só porque este quarto não tinha janela secalhar os meus pais ao final do mês estavam de bolsos vazios. E assim, estamos todos bens. Eu sem luz enfiada num cubiculo mas muito muito feliz e aconchegadinha.